• Luz solar no tanque

    Como os métodos de desenvolvimento ágeis ajudam a superar o medo da autonomia dos carros elétricos

  • EDAG SOULMATE

    QUANDO DE REPENTE O MELHOR SMARTPHONE É O SEU PRÓPRIO CARRO

  • VAMOS RECARREGAR MAIS UMA VEZ

    POR QUE O SMARTPHONE MUDOU O TRÂNSITO

  • MANUFATURA ADITIVA

    COMO O "EDAG Genesis" COLOCOU O MUNDO AUTOMOBILÍSTICO DE CABEÇA PARA BAIXO

O CAMINHO PARA A INDÚSTRIA 4.0 É PELO DESENVOLVIMENTO DO PRODUTO

POR QUÊ AS EMPRESAS DEVEM REESTRUTURAR SEUS PROCESSOS AGORA

Os processos convencionais ficarão estagnados no futuro

Ela é o slogan dos últimos anos. Um dos temas principais em todos os congressos industriais. Fazem apresentações sobre ela e oferecem workshops. As grandes multinacionais a querem, as pequenas e médias empresas também, e até mesmo o governo alemão colocou ela em sua agenda: a Indústria 4.0. 

Em universidades e institutos de pesquisa, em desenvolvimento de TI, consultorias e nas próprias empresas, estão todos falando sobre as chances e oportunidades da Indústria 4.0

Lê-se e ouve-se muito da fusão entre o mundo real e virtual na produção das indústrias, sistemas cyber físicos, globalidade, processos de produção inteligentes e auto controlados, e a integração dos processos do cliente no fluxo de trabalho global.

Por um lado, é desenhada uma imagem de futuro em que o uso de novas tecnologias é claro; para desenvolver e vender produtos e serviços competitivos e implementar novos modelos de negócios. No entanto, isso não reflete a realidade: os desenvolvedores de produtos enfrentam uma batalha diária para realizar seus projetos dentro dos orçamentos e prazos prescritos - em condições cada vez mais difíceis. Complexidade do produto, globalização dos departamentos de desenvolvimento, novos requisitos legais, pressão dos países com baixos custos, falta de pessoas jovens qualificadas - a lista de obstáculos possíveis é longa. Então, como superar a diferença entre os cenários futurísticos otimistas e as dificuldades diárias? É possível? Ou a Indústria 4.0 é apenas uma palavra que terá que ser substituída pela próxima tendência dentro de alguns anos?

Ficou interessado sobre o assunto? Visite nosso site internacional ou entre em contato com comercial[at]edag.com.br  para mais informações.